WOOL @ Google Art Project

and it’s with great pride that we announce that from this moment the WOOL is partner of the Google Art Project and all platforms that are being launch today !!

With us we take also 147 projects, 8 national and international cities, 40 portuguese artists and 16 international artists !!

You can check it all here: https://www.google.com/culturalinstitute/collection/wool-festival?hl=pt&projectId=art-project

Our thanks to all who believe in this project, which today stands out as the big platform for the promotion and enhancement of the Portuguese Urban Art! <3

WOOL @ GOOGLE art project

LATA 65 | OPLX 02 – Benfica

The second act of LATA 65 – urban art workshop for seniors, financed by the Orçamento Participativo de Lisboa – 2013 (Lisbon Participatory Budget), took place at Benfica between the 26th and 27th January.

Lata65_26e27Jan_005 Lata65_26e27Jan_023 Lata65_26e27Jan_039 Lata65_26e27Jan_052 Lata65_26e27Jan_054 Lata65_26e27Jan_062 Lata65_26e27Jan_087 Lata65_26e27Jan_097 Lata65_26e27Jan_099 Lata65_26e27Jan_113 Lata65_26e27Jan_117 Lata65_26e27Jan_128 Lata65_26e27Jan_130 Lata65_26e27Jan_133 Lata65_26e27Jan_156 Lata65_26e27Jan_169 Lata65_26e27Jan_159

Photos by Rui Gaiola | WOOL

More photos here.

LATA 65 | OPLX 01 – Carnide

The first act of LATA 65 – urban art workshop for seniors, financed by the Orçamento Participativo de Lisboa – 2013 (Lisbon Participatory Budget), took place at Carnide between the 12th and 14th January.

LATA 65 01 - rui gaiola (2) LATA 65 01 - rui gaiola (10) LATA 65 01 - rui gaiola (11) LATA 65 01 - rui gaiola (16) LATA 65 02 - rui gaiola (2) LATA 65 02 - rui gaiola (5) LATA 65 02 - rui gaiola (7) LATA 65 02 - rui gaiola (8) LATA 65 02 - rui gaiola (10) LATA 65 02 - rui gaiola (11) LATA 65 02 - rui gaiola (14) LATA 65 02 - rui gaiola (18) LATA 65 02 - rui gaiola (16) LATA 65 02 - rui gaiola (21) LATA 65 02 - rui gaiola (24) LATA 65 02 - rui gaiola (26) LATA 65 02 - rui gaiola (29)

Photos by Rui Gaiola | WOOL

More photos here.

LATA 65 | IECE – Interactive ESEC Conferences for Education

Our project Lata 65 – urban art workshop for seniors, was invited to join the panel of presentations in IECE – Interactive Conferences ESEC for Education at Coimbra! On the next 27th of November, LATA 65 will be present at this serie of conferences that covers the twelve courses of the Coimbra School of Education, in order to prepare, share and demonstrate how to exercise in the professional area.

(versão em português abaixo)

1911044_976661402351028_1625203485370253505_o

PT| O nosso projecto LATA 65 – workshop de arte urbana para idosos foi convidado para integrar o painel de apresentações na IECE – Interactive ESEC Conferences for Education, em Coimbra! No próximo dia 27 de novembro, o LATA 65 apresenta-se neste ciclo de conferências que abarca os doze cursos da Escola Superior de Educação de Coimbra, com o intuito de preparar, partilhar e demonstrar como exercer na área profissionalmente.

LATA 65 | VI Simpósio Gerontologia PsicoSoma

Our project Lata 65 was invited to attend the VI Simpósio Gerontologia PsicoSoma  which will be held in Viseu, next 22nd of November.

It is a space to share knowledge and skills, providing a day full of innovation and knowledge within the gerontology, geriatrics and social education, whose theme this year is “The 65+ – The New Youth”.

(versão em português abaixo)

simposio psicosoma

PT| O nosso projecto Lata 65 foi convidado para estar presente no VI Simpósio Gerontologia PsicoSoma, que decorrerá em Viseu, no próximo dia 22 de novembro.

Trata-se de um espaço de partilha de conhecimento e competências, oferecendo um dia repleto de inovação e conhecimento no âmbito da gerontologia, geriatria e educação social, cujo tema deste ano é: “Os 65+ – Os Novos Jovens”.

 

WOOL ON RESIDENCE | *L aka Luísa Cortesão

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

locations l
Travessa do Peixe, Covilhã
Rua das Portas do Sol, Covilhã
Largo Doutor Valério de Morais, Covilhã

More photos here.

all photos by Pedro Seixo Rodrigues

WOOL ON RESIDENCE | day 14

Day 14 _ The artists continues working and the tours continues. Today we received our last guest, *L , who arrived for present her work and left some things in covilhã walls, which combines with the presentation of Lata 65 by Lara Seixo Rodrigues, who presented Tour Paris ’13 too.

0010 0018 0020 0034 0036 0044 0058 0066 0081 0095 0097 0104 0107 0113 0116

LATA 65 @ Festival Walk&Talk

The Walk&Talk Festival invited us for their 4th edition. The Walk&Talk is a public art festival that takes place in the island of São Miguel, Azores. It counts with artists from all over the world to create a route of site-specific instalations, with goal of creating relations with space, culture and local communities. A trully outdoor museum.

LATA 65, was invited by Walk&Talk to be present at the festival for a workshop, between 21th and 22th of July, with the old local community. The result was a big magic wall made by a group of 15 happy old people.

10382143_434167590058476_1258272005190557253_n 10577064_434160770059158_2958687424046503212_n 10501903_435461603262408_2945955659463957729_n 10527645_434165713391997_5195607181995377180_n 10325323_434691916672710_2253390879810155450_n 10349872_434691920006043_6457619255839680154_n 10492072_434691936672708_858222377619297175_n 10580120_434692176672684_864235754581020302_n 10492209_434692240006011_4791136500606724937_n 10385411_435458279929407_8222592813270165310_n 10483937_435458276596074_5718134334371784013_n

 

More photos here.

LATA 65 @ PantaMag

Our project LATA 65 is featured on the new issue of PANTA Mag. The words are from Nuno Manuel da Fonseca, who had the pleasure to interview (or better saying, to have a long and enthusiastic talk) with, the inspiring, Luísa Cortesão.

You can read the article in english by clicking the picture below (pages 22 to 29):

lata 65 @ pantaArticle in portuguese:

ESTE PAÍS TAMBÉM É PARA VELHOS

A evolução científica e a democratização do acesso a serviços de saúde no último meio século trouxeram, entre outras coisas, o aumento da esperança média de vida. Em qualquer país considerado desenvolvido, sabemos que não seremos tão facilmente fulminados por doenças como o eram os nossos antepassados. Assim, existe em cada um de nós a clara noção de que temos uma quantidade razoável de anos para viver, e isto é, de facto, uma admirável conquista da Humanidade, conseguida em muito pouco tempo de História.

Mas, como é sabido, quantidade não é qualidade. E quantidade sem qualidade é apenas uma grande maldição. Enquanto sociedade ainda estamos a tentar aprender como abordar esse período de anos extra, recentemente ganho, ao qual chamámos “terceira idade”.

Na Europa, um território relativamente pequeno onde existem muitos países e muitas cidades grandes, o fenómeno do envelhecimento das populações é facilmente detectável. Nas praças e jardins das cidades vê-se cada vez menos carrinhos de bebé e cada vez mais grupos de pessoas reformadas cujas vidas não foram dinamicamente reformuladas. Lisboa, é a cidade europeia onde este problema mais tem crescido.

*

O projecto LATA 65 é uma ideia de Lara Seixo Rodrigues [Wool – Festival de Arte Urbana da Covilhã] e Fernando Mendes [Cowork Lisboa] e nasce da vontade de encontrar ideias para qualificar o tempo de vida depois de uma vida de trabalho.

A ideia é simples: Organizar workshops de arte urbana para grupos de pessoas que já passaram da idade da reforma. Durante alguns dias, assistidos por artistas urbanos, os participantes aprendem a história do graffiti e arte urbana, as técnicas ‘usadas’ na rua, o stencil, exploram possibilidades e, por fim, vão para a rua partilhar com o mundo as suas ideias, numa parede da cidade.

Nas duas acções já efectuadas, o entusiasmo demonstrado por parte dos alunos foi grande, diria que enorme. Este projecto parece fazer acordar um espírito criativo esquecido, e acima de tudo, traz a sensação de pura diversão, essencial em qualquer idade.

**

Uma das boas surpresas que aconteceu neste projecto foi o aparecimento de Luísa Cortesão, que antigamente era médica, e que hoje é uma jovem artista de sessenta e poucos anos. Conversando com ela a propósito do LATA 65, consegue-se entender o que pode motivar uma pessoa a dedicar-se aos graffiti depois da reforma.

“Porque decidiu fazer o workshop do LATA 65?”

“Porque a minha filha me disse ‘Mãe, há um workshop de graffiti para velhotes’, e eu, como sempre me interessou estas coisas, decidi fazer.”

“O que pensa de haver pessoas na suposta velhice a fazer algo normalmente associado aos mais jovens e a alguma irreverência típica de determinada idade?”

“Não está relacionado com a idade. Pessoalmente, o que me move a fazer isto é a curiosidade e essa não tem a ver com a idade, mas sim com a pessoa. Além da curiosidade, existe, sim, o lado reguila, de ir para a rua fazer uma pintura na parede.”

Desde que participou num dos workshops, Luísa não parou de desenvolver a sua técnica de stencil. Nas suas intervenções artísticas existe a pontual mensagem política ou ambiental, mas o universo mais explorado na sua obra é aquele onde habitam bruxinhas (“são as minhas netas”, esclarece) dragões, serpentes marinhas, cavalos alados e também uma velhota com lata de spray em riste, já ícone informal do próprio LATA 65.

“L is not an artist” é o título da página artística de Luísa no facebook, onde se pode ver todas estas criaturas.

“A Luísa rejeita o título de ‘artista’, porquê?”

“Porque não sou. Vês na descrição da página de facebook ‘just for fun’, e é só isso. Sempre gostei de paredes e de as fotografar, e isto é um pouco uma extensão disso, que exige, claro, um trabalho diferente, de pensar o boneco, levar o material para o local e executá-lo, mas o que me move sempre é a curiosidade de ver como fica.”

E é só isso mesmo. Não há aqui pinga de falsa modéstia. Nota-se que Luísa se diverte com o ritual de preparar os stencil, de ir para a rua e pintar, no entanto, diz que pensa dedicar-se a isto só até se interessar por outra coisa. Não existe a urgência juvenil de fazer uma grande carreira artística. Há, assim, uma grande objectividade no processo criativo e isso acaba por se reflectir na qualidade dos resultados. Há a diferença abismal entre ‘just for fun’ e ‘just for money’.

Aquando da sua passagem por Lisboa, Martha Cooper, lendária fotógrafa de arte urbana, insistiu em conhecer Luísa Cortesão e fotografá-la enquanto trabalhava.

“Não se considera artista, então, o que sente quando alguém como a Martha Cooper se mostra interessada em conhecê-la e fotografar o seu trabalho?”

“Calculo que ela pense ‘ora, cá está outra velha doida’… não sei… eu não a conhecia, mas agora que já sei quem ela é… [ela querer fotografar] é uma coisa que me deixa um bocado babada.”

Luísa não se assume como artista, e não sabe bem como interpretar este interesse todo em torno de algo que ela faz puramente por gosto, mas está tranquila, este é um mistério que a diverte.

“Não vou perguntar ‘porque é que faz graffiti?’, já percebi que é por ser algo que a diverte.”

“Pois, nem sei responder. Porque o faço? Sabe, eu podia estar em casa a descansar, a gozar a reforma, mas… Não! Isto ajuda-me a manter a cabeça activa, sabes?”

***

O projecto LATA 65 tem sido bastante comentado e elogiado em publicações online, a nível nacional e internacional. Foi também uma das propostas vencedoras do Orçamento Participativo de Lisboa 2013, tendo assim obtido verba para o desenvolvimento das suas actividades.

Para este ano encontram-se já programadas 24 acções a nível local e existem vários contactos nacionais e internacionais, vindos de organizações interessadas em receber o LATA 65.

Este projecto pretende aproveitar o espírito criativo que todos temos, independentemente da idade, e levar os mais velhos a manter-se intelectualmente activos, transmitindo-lhes a ideia de que a vida não acabou só porque já não fazem parte da estranhamente classificada “população activa”.

O LATA 65 não é a única forma de conseguir isto, mas aponta um caminho para conseguir com que a “terceira idade” seja mais uma fase activa da vida e não uma mera estagnação. Todos temos o direito a um lugar digno na sociedade, incluindo os que já se reformaram, porque este país também é para velhos.